Biden usou “cola” durante a primeira entrevista coletiva formal

Biden

O presidente Biden fez uso de “anotações” detalhando pontos da política e as identidades dos jornalistas presentes na primeira entrevista coletiva formal de sua presidência na quinta-feira.

Fotos tiradas no evento mostraram Biden segurando um cartão com o rótulo “infraestrutura”, com estatísticas importantes e pontos de discussão. Dentre as anotações estava a informação de que “a China gasta três vezes mais em infraestrutura do que os EUA”.

Em outra foto, Biden foi visto consultando uma folha que parecia mostrar as fotos e veículos de notícias de jornalistas que participaram de sua entrevista coletiva. Alguns dos repórteres fotografados tinham um número circulado ao lado de suas imagens.

Apenas 25 repórteres tiveram permissão para comparecer à coletiva de imprensa. Biden respondeu a um número limitado de perguntas de uma lista de repórteres pré-selecionados antes de deixar à coletiva. Jornalistas de veículos críticos a Biden não estavam entre os repórteres selecionados para fazer perguntas.

Biden respondeu a perguntas relacionadas à crise em curso na fronteira com o México, sua opinião sobre os apelos para acabar com a obstrução e uma série de outros tópicos. O Presidente disse que pretende se candidatar à reeleição em 2024.

Críticos do governo Biden pediram aos funcionários do governo que disponibilizassem Biden à toda a imprensa e que isso ocorra regularmente.

O uso de cartões de nota não é inédito em conferências de imprensa. Em novembro de 2019, Trump segurou um bloco de notas com instruções manuscritas durante uma coletiva de imprensa sobre o testemunho entregue em sua primeira audiência de impeachment.