Área da saúde cresce na pandemia e torna-se opção de jovens

Pesquisa revela que seis dos 15 cursos mais buscados são da saúde; Unoeste é referência de ensino de excelência na área

Curso de Enfermagem foi o mais citado pelos entrevistados (foto – marketing Unoeste)

A pandemia da Covid-19 ainda é uma realidade no mundo. À frente nesta luta contra o vírus, milhares de profissionais da saúde e pesquisadores se dedicam para o bem comum e, ao mesmo tempo, inspiram jovens na hora de escolher um curso superior. Em recente pesquisa da Educa Insights, divulgada pela Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES), seis dos 15 cursos mais buscados são da área da saúde, o que representa um total de 36,1% dos entrevistados.

Conforme dados apresentados, os cursos de psicologia, educação física, biomedicina, fisioterapia, nutrição e enfermagem tiveram uma boa classificação. O destaque é para o curso de enfermagem que foi o mais citado dentre todos, sendo a opção de quase 12% dos entrevistados. Ainda de acordo com a pesquisa, essa tendência deve continuar em crescimento neste ano.

Para o diretor da Faculdade de Saúde da Unoeste, Dr. Carlos Eduardo Assumpção de Freitas, o crescimento deve-se ao trabalho desses profissionais no enfretamento à pandemia do novo coronavírus.

“Na mídia o trabalho de profissionais da saúde está sendo muito comentado, isso chama a atenção, além disso, teremos um grande número de pacientes vítimas da Covid-19 com sequelas neurológicas, motoras e respiratórias que precisarão de cuidados. Dessa forma existirão grandes oportunidades de trabalho para a área”, comenta o diretor.

Para ele, o momento exige que um profissional da saúde esteja capacitado para atuar em situações de calamidade.

“Nós, profissionais da saúde, não somos super-heróis. Em todo momento e principalmente nessa tragédia que estamos vivendo, além do conhecimento necessário de nossa função, temos que ser comprometidos, resilientes e humanistas. Essas são qualidades que adquirimos na prática”, reforça.

O diretor ainda pontua que a Unoeste reforçou a atenção com a formação profissional dos alunos nesse período da pandemia.

“Mesmo diante de todas as adversidades, a universidade manteve o foco em sua missão de formar profissionais comprometidos com a responsabilidade social e ambiental, mediante a manutenção de suas atividades presenciais como aulas práticas e estágios seguindo os protocolos de biossegurança institucional”, explica.

Clique aqui e conheça todos os cursos de graduação oferecidos pela Unoeste, a 2ª melhor universidade particular do estado de São Paulo. Garanta sua inscrição no maior concurso de bolsas da região, com a chance de obter até 80% de bolsa.

Como escolher?

Ficar com dúvidas sobre qual profissão escolher, é normal. Esse conflito pode ser gerado pela indecisão, pela falta de orientação adequada ou até mesmo pela a falta de autoconhecimento. Para escolher uma carreira é preciso ter um equilíbrio entre o interesse, gosto pela atividade profissional e possibilidades de ingresso no mercado de trabalho para se sentir livre e satisfeito na vida pessoal e profissional.

Para o psicólogo e professor do curso de Psicologia da Unoeste Vinicius dos Santos Oliveira a escolha profissional se dá em um contexto social e histórico.

“Devido ao cenário atual, em que profissionais da área da saúde estão em maior destaque e sendo essenciais para a sociedade, os olhares dos jovens que estão nessa fase de escolha, tendem a se voltar para essas profissões”, fala.

Segundo o docente, a área da saúde apresenta carreiras que podem absorver bons profissionais, mas ressalta a importância de avaliar todos os aspectos das profissões.

“É preciso que os jovens considerem se eles se interessam e gostam, de fato, da profissão. É importante buscar o máximo de informações sobre a área para que a escolha seja consciente. Sugiro que o jovem pesquise sobre a grade curricular, mercado de trabalho, áreas de atuação, salário, rotinas de trabalho, entre outras coisas”, ressalta.

Pensar nesses aspectos, conforme o psicólogo, é primordial para ter uma boa formação e garantir boas chances no futuro.

“Quando a economia voltar a aquecer e as vagas de emprego surgirem, os empregadores buscarão repor as vagas em aberto com pessoas que buscaram qualificação profissional superior. Por isso, estudar e atualizar-se são de fato o que garantirão as novas oportunidades”, finaliza.

A Unoeste está com inscrições abertas para os vestibulares de Medicina e demais cursos. Clique aqui e garanta os benefícios exclusivos desses processos seletivos:

Bolsas de até 40% para ingresso com nota do Enem

 Ingressantes via nota do Enem que se matricularem até 31 de maio podem conquistar bolsas de estudo surpreendentes: 40% para quem obteve média igual ou maior do que 650 no exame; e de 30% para quem conquistou média entre 550 e 649 pontos.

Outras formas de ingresso

A Unoeste também está com inscrições abertas para o Vestibular On-line dos cursos presenciais (exceto Medicina). Os aprovados podem ganhar bolsas que variam entre 15% (cursos tecnólogos e bacharelados) e 20% (licenciaturas).

Mais benefícios

Tanto para quem optar pela nota do Enem ou Vestibular On-line, o valor da matrícula será o mesmo do 1º semestre de 2021 e poderá ser parcelado até julho. Além disso, acesso grátis aos cursos livres EAD por 6 meses e um brinde especial para quem se matricular até 31 de maio.

 Concurso de Bolsas de até 80%

Os aprovados no Concurso de Bolsas também poderão parcelar a matrícula até julho e terão acesso aos cursos livres do EAD Unoeste por 6 meses. Tem mais! As matrículas realizadas no prazo de 7 dias após a divulgação do resultado terão direito a um brinde especial.

 Vestibular Medicina

Clique aqui e garanta a sua inscrição com valor reduzido. Todas as provas ocorrem em junho, com fase única e em dias diferentes: Presidente Prudente (27/6), Jaú (19/6) e Guarujá (20/6).