Professora Juliana questiona processos de tombamento da Casa Hermann e da Basílica de Santo Antônio

A vereadora Professora Juliana (PT) protocolou na secretaria da Câmara Municipal de Americana um requerimento em que pede informações ao Poder Executivo referentes ao processo de tombamento de patrimônios históricos e culturais no município.

No documento, a parlamentar destaca que a legislação municipal trata da proteção e preservação do patrimônio histórico e cultural e frisa que se enquadram como tal todos os bens de natureza material e imaterial, de interesse cultural ou ambiental, que possuam significado histórico, cultural ou sentimental e sejam capazes de contribuir para a compreensão da identidade cultural da sociedade que o produziu.

“O tombamento é um conjunto de ações realizadas pelo poder público e alicerçadas por legislação específica, que visa preservar os bens de valor histórico, cultural, arquitetônico, ambiental e afetivo, impedindo a sua destruição ou descaracterização”, salienta Juliana, destacando os decretos relativos aos processos da Casa de Cultura Hermann Müller e do prédio da Basílica Santo Antônio de Pádua.

No requerimento, a vereadora pergunta quais os estudos e providências desenvolvidos para realizar serviços de preservação dos prédios da Casa Hermann Müller e da Basílica de Santo Antônio. Questiona também se foram realizadas auditorias para os tombamentos e em que fase estão esses processos. Pergunta ainda se há outro bem cultural para ser tombado em Americana atualmente.

O requerimento será discutido e votado pelos vereadores em Plenário na próxima sessão ordinária, que acontece nesta quinta-feira (29).