Trio é preso após sequestro relâmpago de esposa de vereador de Sumaré

Um trio foi preso por policiais do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR) da Polícia Militar Rodoviária, na tarde desta quinta-feira (29), durante um sequestro relâmpago à esposa de um vereador de Sumaré em um carro de luxo. A perseguição que começou em Paulínia terminou no bairro Matão.

De acordo com a corporação, a equipe tática tomou conhecimento de que na altura do km 119 da Rodovia Zeferino Vaz (SP-332) em Paulínia, indivíduos em um veículo Fiat Toro de cor escura renderam uma mulher que aguardava o filho próximo a um varejão no bairro Betel, em Paulínia a vítima conduzia um veículo Land Rover, os policiais iniciaram um patrulhamento pela pista quando visualizaram um Fiat Toro com características idênticas e passou a acompanhar o veículo.

Equipes da Ronda Ostensiva Municipal (ROMU) da Guarda Municipal de Paulínia, policiais militares do 48°BPM/I de Sumaré e o Helicóptero águia da Polícia Militar participaram do cerco aos criminosos durante a perseguição que colocou em risco outros motoristas e ao carro com a vítima.

equipe conseguiu realizar a abordagem na Rua Santo Alberto Magno no Jardim Nova Veneza, Sumaré, com os três indivíduos que ocupavam o veículo que realizava a escolta do carro da vítima, foi localizado dois revólveres calibres 38 e 357 com munições intactas, a vítima permaneceu sob cárcere retida no interior do veículo Land Rover por um dos indivíduos que chegou a fazer saques com um dos cartões da vítima, antes de abandoná-la na avenida Emílio Bosco com o carro de luxo.

Os três homens foram presos e encaminhados para a delegacia de Polícia de Sumaré onde o caso foi registrado, o veículo utilizado pelos criminosos pertence à sogra do condutor do carro que dava cobertura aos bandidos, a vítima é esposa do vereador de Sumaré Hélio Silva (Cidadania) e segundo ela, o criminoso chegou a efetuar um disparo dentro do carro durante a ação, que durou cerca de 25 minutos, a vítima apesar de traumatizada, aterrorizada e em choque, passa bem, segundo a polícia, os bandidos não sabiam que era esposa do parlamentar.

Objetos encontrados (Foto: Rafael Rezende/ Policial Padrão)