Prefeitura de Americana e Colégio Dom Bosco fazem parceria em projeto para preservação de abelhas

A Prefeitura de Americana, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, e o Colégio Salesiano Dom Bosco firmaram parceria para a execução do projeto para preservação de abelhas “Vamos polinizar essa ideia”. O prefeito Chico Sardelli, e o secretário de Meio Ambiente Fábio Renato de Oliveira estiveram, na tarde desta sexta-feira (30), na escola para discutirem a ação, que abrangerá toda a população.

“Quero agradecer a acolhida que sempre tivemos no Salesiano. Quando o secretário Fábio me falou com muito carinho desta ideia do projeto fiquei muito feliz. Vejo nos olhos dos alunos a possibilidade das crianças serem as autoras e incentivadoras dessa ideia em respeito ao Meio Ambiente. Podem contar com a gente, com o apoio da prefeitura para replicarmos este projeto em toda a cidade”, disse o prefeito de Americana Chico Sardelli.

O secretário de Meio Ambiente explicou que as equipes de educação ambiental vão receber instruções para replicar o projeto na cidade. “Será criada a Vila das Abelhas nas dependências da Secretaria do Meio Ambiente e, por meio da Secretaria de Educação, o tema poderá ser inserido junto aos alunos e professores, focando na educação para conservação. Serão destinados locais públicos para instalação de iscas e enxames, como parques e praças, e vamos incentivar a população a adotar uma colmeia nas residências”, adiantou Fábio.

O padre Aramis Biaggi, diretor geral do colégio, ressaltou a importância da parceria com a prefeitura. “O projeto de reprodução e preservação das abelhas para a polinização vai deixar a cidade mais bonita e fazer de Americana uma cidade melhor. Agradecemos ao prefeito Chico Sardelli pela parceria, para levar adiante e ampliar esta ação”, disse.

A ideia do projeto foi discutida no último dia 22, na sede da Secretaria de Meio Ambiente, com representantes do Colégio Dom Bosco, Paula Parolin, educadora educacional, e Bianca Moro Carlstron, professora e bióloga, embaixadoras do projeto que começou no primeiro semestre deste ano na escola. De acordo com elas, o movimento que surgiu no colégio busca, com a criação de pequenos meliponários urbanos e divulgação de informações, trabalhar a preservação e manutenção de espécies de abelhas sem ferrão dentro da cidade.

O objetivo é aumentar a população das abelhas, que estão ameaçadas de extinção, preservando as espécies da região, como a Jataí, Mandaçaia e Arapuá, mocinha branca, mirim preguiça, entre outras, que têm uma importante função de polinização no meio ambiente. A Unicamp está incentivada em realizar o projeto no campus da Universidade, segundo as educadoras.

No encontro desta sexta-feira, foram entregues aos participantes do projeto Certificados de Ações de Sustentabilidade e Proteção do Meio Ambiente aos alunos e educadores do Colégio Dom Bosco. A escola foi representada pelos alunos Théo Cardoso Lusvordes, Pedro Henrique Buzinaro e Agnes Donaire dos Santos Chaves. As educadoras Paula e Bianca também receberam os certificados, assim como a diretora pedagógica, Patrícia Albieri Guidolim.

O projeto do Colégio Dom Bosco está inscrito nos concursos do Cristivos da Escola e no Rainforest. No Criativos da Escola (https://desafio.criativosdaescola.com.br/mural/grupo/?code=36), um programa do Instituto Alana e faz parte do Design for Change, movimento global que surgiu na Índia e está presente em 65 países, inspirando mais de 2,2 milhões de crianças e adolescentes ao redor do mundo.

O Rainforest Kids Challenge (Desafio da Floresta Tropical para Crianças) é aberto para todas as crianças e adolescentes que estão comprometidas com ações práticas a fim de salvar e proteger nossas florestas, que estão em risco devido à mudança climática e à devastação generalizada da ecologia. Qualquer grupo de estudantes pode fazer parte do desafio mesmo que não tenha acesso direto a uma floresta em seu território, desde que esteja mobilizado a agir e resolver qualquer problema que tenha impacto direto ou indireto na floresta.

Participaram do encontro no Colégio Dom Bosco, o secretário adjunto de Governo, Márcio Leal, o secretário adjunto de Meio Ambiente, Neto Franzatto, Andréa Gonçales, representando Meio Ambiente, entre outros convidados.

Fotos: Marília Pierre