Quartas de final do vôlei masculino: confira os confrontos

Os quatro jogos acontecem entre a noite de segunda-feira e manhã de terça no Brasil. Metade das oito equipes classificadas já foram campeãs Olímpicas

Após os resultados da última rodada da fase de grupos no domingo (1º de agosto), o torneio Olímpico masculino de vôlei já tem as equipes definidas para as quartas de final. Os jogos acontecerão na Arena Ariake entre a noite de segunda-feira (2) e a manhã de terça (3) pelo horário de Brasília.

Confira quais são:

  • Canadá x ROC – dia 2 de agosto às 21:00 (horário de Brasília);
  • Japão x Brasil – dia 3 de agosto a 1:00 (horário de Brasília);
  • Itália x Argentina – dia 3 de agosto às 5:00 (horário de Brasília);
  • Polônia x França – dia 3 de agosto às 9:30 (horário de Brasília).

Das oito seleçõesmetade delas já foram campeãs Olímpicas. O Olympics.com apresenta uma prévia das partidas da próxima fase, que definirão os semifinalistas.

Canadá x ROC

O Canadá vai em busca da sua primeira medalha do vôlei em Jogos. Logo no primeiro jogo abriram surpreendentes dois sets a zero sobre a – sempre favorita – Itália, mas acabaram levando a virada. Perderam a partida seguinte, mas os triunfos diante do Irã e da Venezuela – além das boas apresentações feitas mesmo nas derrotas – foram suficientes para que eles terminassem na quarta posição do grupo A, classificando-se para as quartas de final. O ponteiro Nicholas Hoag é grande nome entre os canadenses.

A ROC terminou a fase de grupos com quatro vitórias e uma derrota, para a França. O ponteiro Volkov mostrou-se fundamental nas vitórias, como por exemplo sobre o Brasil. Obteve o último título Olímpico nos Jogos Londres 2012, como Rússia.

Japão x Brasil

Os anfitriões japoneses, terminaram em terceiro no grupo A, com duas derrotas e três vitórias. Querem repetir o feito dos Jogos Munique 1972, quando foram campeões. Eles têm na força de ISHIKAWA Yuki a esperança de conquistar uma medalha Olímpica em sua própria casa.

A seleção brasileira passou para a fase de quartas de final depois de um segundo lugar no grupo B, com quatro vitórias – duas delas bem difíceis como a que foi sobre a França por três a dois e a virada no tie-break sobre a Argentina – e uma derrota (contra a ROC). Atuais campeões Olímpicos, o Brasil vai em busca do quarto título em Jogos no masculino. Lucão e o ponteiro Lucarelli têm sido importantes para o time, que vem da conquista do título da Liga das Nações.

Itália x Argentina

A Itália terminou a primeira fase em segundo, com uma derrota – para a Polônia – e quatro vitórias. Vice-campeões Olímpicos em três oportunidades (são os atuais), os italianos buscam pela sonhada medalha em Jogos para fazer valer o rico histórico da seleção nacional em mundiais e do seu vôlei de clubes. Para isso contam com a força do ponteiro Osmany Juantorena, destaque da equipe. Reconhecido pela altura do seu salto, possui até modelo de tênis com o seu nome.

A seleção argentina vive um bom momento. Garantiu a classificação como terceira colocada no grupo B com grande vitória por três sets a zero diante dos Estados Unidos pelo último jogo da fase de grupos. Medalhista de bronze nos Jogos Seul 1988, é conhecida pelo jogo coletivo sob o comando de Marcelo Méndez, que possui referências, nomeadamente o levantador de Cecco e o oposto Bruno Lima.

Polônia x França

Campeões Olímpicos em Montréal 1976, os poloneses terminaram a fase de grupos em primeiro lugar do grupo A, com apenas uma derrota em cinco jogos, quando foram surpreendidos na estreia pelos iranianos, que sequer ficaram entre os quatro primeiros. O revés acendeu um sinal de alerta e a Polônia, além de vencer todas as partidas seguinte, perdeu apenas um set – para a Venezuela que também não se classificou. Recentemente foi vice-campeã da Liga das Nações, jogada no último mês de junho.

Bronze no mesmo torneio (Liga das Nações), a França obteve a classificação com a terceira posição do grupo B. Foram duas vitórias (contra Tunísia e ROC) e três derrotas. A última delas em jogo de mais de duas horas e meia contra o Brasil com triunfo no segundo set por – incríveis – 39 a 37. Destaque da equipe é o oposto Jean Patry, que atua no vôlei italiano.

Agência Brasil