Prefeito Leitinho de Nova Odessa faz 13 pedidos de verbas à LDO 2022 do Estado de SP

Se atendidos em sua totalidade, pedidos somam R$ 85,7 milhões em prol da população da cidade

O prefeito Cláudio José Schooder, o Leitinho, formalizou nesta sexta-feira nada menos que 13 pedidos de verbas da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) do Estado de São Paulo de 2020 para aplicação em programas, obras e reformas consideradas prioritárias pela Prefeitura de Nova Odessa. Se atendidos em sua totalidade, os pedidos somam R$ 85,7 milhões.

Entre os pedidos, R$ 10 milhões para a reforma e revitalização do Parque Ecológico Isidoro Bordon, o Zoológico Municipal do Residencial Mathilde Berzin, visando “incentivar atividades de pesquisa, monitoramento ambiental, educação ambiental e ainda estimular atividades de lazer e recreação da população em contato harmônico com a natureza fauna e flora”.

Leitinho participou da audiência pública regional promovida pela Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento da Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo) para discutir o Orçamento de 2022 do Estado, realizada na Câmara Municipal de Campinas.

A presidência da audiência foi dividida entre os deputados Gilmaci Santos e Dirceu Dalben, respectivamente presidente e vice-presidente da Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento da Alesp. Também participaram do encontro o deputado Enio Tatto e a deputada Valeria Bolsonaro. O deputado federal Henrique do Paraíso, de Sumaré, também estava presente.

“Temos algumas demandas de Nova Odessa, entre elas, temos um Parque Ecológico que está abandonado, que tem uma represa onde os idosos pescavam, que prestava apoio às atividades da Polícia Florestal, mas que está abandonado há muitos anos. Como médico veterinário, também temos um pedido para a criação de um Setor de Bem-Estar Animal em nossa cidade, para salvarmos a vida dos nossos amigos de quatro patas. Temos vários pedidos que deixamos aqui hoje aos cuidados do deputado Dirceu Dalben”.

— Prefeito Cláudio José Schooder.

O prefeito de Nova Odessa também formalizou os seguintes pedidos ao Orçamento 2022 do Estado:

  • R$ 1,5 milhão para o projeto de reforma e revitalização do Viveiro Municipal, no Recanto Guarapari,
  • R$ 2,5 milhões para a construção de uma unidade do Projeto Areninha (de Esportes e Cultura),
  • R$ 2 milhões para a construção do Departamento de Proteção e Bem-Estar Animal,
  • R$ 4,5 milhões para a construção de uma nova Escola Municipal,
  • R$ 4,5 milhões para desassoreamento de duas represas de abastecimento,
  • R$ 2,5 milhões para a construção de uma nova Biblioteca Pública,
  • R$ 8 milhões para o asfaltamento de estradas vicinais e rurais,
  • R$ 8,7 milhões para asfaltamento das avenidas Eduardo Karklis e São Gonçalo,
  • R$ 27 milhões para a realização de obras de Saneamento (como adutora de água, asfalto e canalização de esgoto) na região do Pós-Anhanguera,
  • R$ 10 milhões o recapeamento asfáltico em diversas ruas e bairros da cidade,
  • R$ 2,5 milhões para a construção de um Centro de Formação de Atletas,
  • e R$ 2 milhões para a construção de uma nova sede própria para a GCM (Guarda Civil Municipal).

A audiência foi parcialmente conduzida pelo deputado estadual de Sumaré e vice-presidente da Comissão, Dirceu Dalben (a quem Leitinho agradeceu pelo convite para participar da reunião e pelo apoio à sua gestão e à cidade de Nova Odessa neste ano), e contou com as presenças de prefeitos e vereadores de vários municípios da regional Campinas.

“A participação popular é essencial para o processo de desenvolvimento e fortalecimento dos municípios. As audiências são uma excelente oportunidade para os moradores darem suas sugestões, opiniões, apontando onde consideram melhor investir os recursos estaduais, quais são as prioridades em sua cidade: saúde, educação, segurança, obras de infraestrutura, transporte, entre outros. É uma importante ferramenta de gestão compartilhada”.

— Deputado Dirceu Dalben.