Japão fecha fronteiras para viajantes de todos os países

A medida é para tentar conter a disseminação da nova variante da covid-19 no país

As fronteiras do Japão serão fechadas para a entrada de todos os viajantes a partir desta terça-feira 30. A medida foi anunciada nesta segunda-feira, 29, pelo primeiro-ministro japonês Fumio Kishida.

Segundo ele, o protocolo foi adotado para tentar conter a disseminação da nova variante Ômicron da covid-19.

Os japoneses que estiverem retornando de viagens a países específicos vão poder entrar, no entanto, terão que cumprir um período de quarentena em instalações designadas pelo governo.

“Estas são medidas temporárias e excepcionais que estamos tomando por uma questão de segurança até que haja informações mais claras sobre a variante Ômicron. Estou pronto para suportar as críticas daqueles que dizem que o governo está sendo cauteloso demais”, disse Kishida.

Nenhum caso detectado no Japão até agora

Desde a última sexta-feira 26, o Japão aumentou as restrições e controles em suas fronteiras para pessoas vindas de seis países africanos, embora nenhum caso da Ômicron tenha sido detectado no país.

O ministro da Saúde japonês, Shigeyuki Goto, disse que um viajante da Namíbia testou positivo para a covid-19, porém mais testes ainda eram necessários para descobrir se era da nova variante.

Revista Oeste

× Como posso te ajudar?