Vacinação de crianças de 5 a 11 anos com comorbidades e deficiência tem início em Santa Bárbara

Começou nesta terça-feira (18) em Santa Bárbara d’Oeste a vacinação contra a Covid-19 para crianças de 5 a 11 anos com comorbidades e deficiência permanente. A imunização ocorre em três UBSs (Unidades Básicas de Saúde): Cidade Nova, Regional Zona Sul (Santa Rita) e Centro de Saúde 2 (Linópolis), sem necessidade de agendamento.

DOCUMENTAÇÃO

Para tomar a primeira dose pediátrica, as crianças devem estar acompanhadas dos pais ou dos responsáveis, com documentos que comprovem o parentesco e comprovante de endereço atualizado no nome dos pais ou dos responsáveis.

Das crianças com comorbidades e deficiência permanente, é necessário obrigatoriamente apresentar CPF, caderneta de vacinação e carta médica, exames, receitas ou prescrição médica. Os cadastros já existentes nas Unidades Básicas de Saúde também poderão ser utilizados para a vacinação.

COMORBIDADES

As comorbidades definidas para prioridade na vacinação são: insuficiência cardíaca, cor-pulmonale e hipertensão pulmonar, síndromes coronarianas, valvopatias, miocardiopatias e pericardiopatias, doença da aorta, dos grandes vasos e fístulas arteriovenosas, arritmias cardíacas, cardiopatias congênitas, próteses valvares dispositivos cardíacos implantados, talassemia, Síndrome de Down, diabetes mellitus, pneumopatia crônicas graves, hipertensão arterial resistente e de artéria estágio 3, hipertensão estágios 1 e 2 com lesão e órgão alvo, doença cerebrovascular, imunossuprimidos (incluindo pacientes oncológicos), anemia falciforme, obesidade mórbida, cirrose hepática e HIV.

DEFICIÊNCIA PERMANENTE

Já crianças com Deficiência Permanente poderão comprovar a condição por meio da apresentação de laudo médico que indique a deficiência, ou comprovação de atendimento em Centro de Reabilitação ou unidade especializada, ou documento oficial com indicação da deficiência, ou cartões de gratuidade do transporte público e ou ainda autodeclaração (na ausência de outro tipo de documento).

PRÉ-CADASTRO

Para agilizar o processo de identificação e vacinação, é recomendado o pré-cadastro no site Vacina Já (www.vacinaja.sp.gov.br), do Governo do Estado de São Paulo. Já está liberado este pré-cadastro para crianças de 5 a 11 anos. Vale ressaltar que o cadastro não é um agendamento para a vacinação.

LOCAIS E HORÁRIOS DE VACINAÇÃO PARA AS CRIANÇAS

  • UBS da Cidade Nova
    Rua do Algodão, 1.441, Cidade Nova – Telefone: 3457.4856 / 3457.8054
    de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h30
  • UBS Regional Zona Sul
    Rua José Calixto, 100, Santa Rita – Telefone: 3454-5178 / 3463-5468
    de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 15 horas
  • Centro de Saúde 2
    Avenida Sábato Ronsini, 203, Vila Linópolis – Telefone: 3454.1107
    de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 15 horas

Como estas unidades passam a realizar a vacinação infantil, não há o atendimento de sintomas gripais nestes locais. Sendo assim, os pacientes da UBS Cidade Nova, UBS Regional Zona Sul e do Centro de Saúde 2 serão destinados respectivamente à UBS do São Fernando (Rua do Centeio, 38, Jardim São Fernando), UBS do São Francisco 2 (Rua Cariris, 400, Jardim São Francisco 2/Santa Rita) e UBS do Grego/Furlan (Rua Arthur Amaral, 30, Vila Grego/Residencial Furlan).

SOBRE AS DOSES PEDIÁTRICAS

Os imunizantes da campanha infantil são diferentes das doses utilizadas em adultos, com frascos diferenciados em tamanho e em cor “laranja”, assim como o insumo e as seringas. O imunizante da Pfizer também prevê a aplicação de duas doses, com intervalo de oito semanas (56 dias).

O Plano de Vacinação no Município é desenvolvido com cronograma de prioridades, seguindo diretrizes do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado da Saúde e mediante envio e disponibilidade de doses.

Em caso de dúvidas sobre a vacinação contra a Covid-19 no Município, a pessoa pode entrar em contato, de segunda a sexta-feira, das 8 às 16 horas, pelo telefone 3455.1654.