Suprema Corte Italiana mantém condenação de Robinho a 9 anos de prisão

  • Justiça condenou jogador por envolvimento em um estupro coletivo contra uma mulher albanesa
  • A decisão é definitiva e não cabem mais recursos