Governo suíço autorizou a utilização da câmara de suicídio assistido

É importante destacar que na Suíça existe há algum tempo autorização para a realização de eutanásia (morte digna), ou simplesmente suicídio assistido, procedimento feito em hospitais e clínicas médicas, para pessoas que passam por doenças catastróficas ou desconfortos que, na maioria dos casos, já não têm cura.

O nome do equipamento que foi autorizado é SARCO.  Trata-se de uma cápsula impressa em 3D, fabricada pela empresa Exit International. A cápsula pode ser transportada para qualquer lugar que a pessoa que deseja morrer solicitar. Ele tem um mecanismo que é ativado de dentro dele.

A cápsula fará uma série de perguntas sobre o que será uma conversa agradável com a pessoa que deseja morrer, após isso a mesma pessoa poderá pressionar o botão que aciona o mecanismo assim que decidir.
A cápsula é instalada em um equipamento que vai inundar o interior com nitrogênio, reduzindo rapidamente o nível de oxigênio de 21% para 1% em um processo que leva aproximadamente 30 segundos. A pessoa se sentirá um pouco desorientada e possivelmente um pouco eufórica antes de perder a consciência. A morte ocorrerá por hipóxia e hipocapnia, ou seja, pela privação de oxigênio e dióxido de carbono, respectivamente. Não há pânico ou sensação de asfixia.