Ucrânia neutraliza grupo que planejava ataques a mando da Rússia

É o que informa o serviço de segurança de Kiev (SBU), em comunicado divulgado nesta terça-feira, 25

A Ucrânia informou, nesta terça-feira, 25, ter desmantelado um grupo que agia sob ordem da Rússia para realizar ataques armados no país. “Essas pessoas estavam preparando uma série de ataques contra nossa infraestrutura”, declarou, em comunicado, o serviço de segurança ucraniano (SBU).

De acordo com o SBU, os organizadores dos ataques foram presos. Os agentes ucranianos apreenderam um artefato explosivo, armas pequenas e munições em Kharviv, cidade localizada perto da fronteira com a Rússia, no leste do país, e Zhytomyr, no centro da Ucrânia, a menos de 150 quilômetros de Kiev.

À beira da guerra

Na segunda-feira 24, os países da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) anunciaram o envio de aviões e navios ao Leste Europeu, para contrabalançar a concentração de tropas russas na fronteira com a Ucrânia. Em comunicado, a aliança ocidental informou que continuará a adotar as medidas necessárias para proteger e defender todos os aliados.

Com a escalada da tensão, Reino Unido e Austrália iniciaram a retirada das famílias dos funcionários de suas embaixadas em Kiev. Na mesma toada, os Estados Unidos retiraram parentes de diplomatas da capital ucraniana.

Conforme noticiou Oeste, o impasse nas negociações entre EUA e Rússia sobre a situação geopolítica da Ucrânia deixou a Europa à beira de um conflito bélico. As saídas diplomáticas estão se esgotando e a possibilidade de uma guerra não está descartada.