VÍDEO: Carro que vira avião recebe autorização para voar e pode ser produzido em massa

Um carro que pode se transformar em uma pequena aeronave foi aprovado com louvor em testes de voo na Eslováquia, disseram os desenvolvedores do projeto.

“A certificação entregue ao AirCar abre as portas para a produção em massa de carros voadores muito eficientes”, disse o piloto de testes Stefan Klein, inventor do carro e líder da equipe de desenvolvimento.

O carro voador, batizado de “AirCar”, recebeu um Certificado de Aeronavegabilidade da Autoridade de Transporte Eslovaca após completar 70 horas de “testes de voo rigorosos”, informou a Klein Vision, a empresa por trás do “carro-avião de modo duplo”.

De acordo com um comunicado divulgado pela empresa, os voos de teste — que incluíram mais de 200 decolagens e aterrissagens — foram compatíveis com os padrões da Agência Europeia de Segurança da Aviação (EASA).

“Os desafiadores testes de voo incluíram toda a gama de manobras de voo e desempenho e demonstraram uma surpreendente estabilidade estática e dinâmica do veículo quando está em modo aeronave”, disse a empresa.

O veículo pode voar a uma altitude máxima de 18.000 pés (cerca de 5,4 quilômetros), acrescentou Zajac.

Em junho, o carro voador completou um voo de teste de 35 minutos entre os aeroportos de Nitra e a capital Bratislava, na Eslováquia. Após o pouso, a aeronave se transformou em carro e foi conduzida pelas ruas até o centro da cidade.


Kyriakos Kourousis, presidente do Grupo de Especialistas em Aeronavegabilidade e Manutenção da Sociedade Aeronáutica Real, do Reino Unido, disse à CNN que “esta não é a primeira vez que tipos semelhantes de veículos recebem certificados”.

Ele acrescentou: “É a escala que vai criar muitas novas oportunidades de emprego e abrir a possibilidade de que novas tecnologias sejam desenvolvidas”.

Kourousis acrescentou que veículos como o “AirCar” poderão, um dia, substituir os helicópteros.

“A escolha de um motor de combustão interna para o sistema de propulsão deste veículo foi provavelmente feita com base em tecnologia comprovada”, disse Kourousis. “O impacto ambiental pode ser substancial se a utilização desses veículos for ampliada, especialmente em ambientes urbanos”.

“Acredito que veremos veículos totalmente elétricos ou pelo menos híbridos desse tipo, ou similar, em um futuro próximo, contribuindo para nossas metas de sustentabilidade ambiental”.

CNN Brasil