Grupos ultranacionalistas russos oferecem até R$ 2 mil de recompensa por Arthur do Val

Postagens pedindo a morte do parlamentar foram feitas após a divulgação dos áudios em que ele afirma que mulheres ucranianas são “fáceis de pegar por serem pobres”.

Perfis ligados a grupos ultranacionalistas russos estão oferecendo até R$ 2 mil de recompensa pela “cabeça” do deputado estadual Arthur do Val (Podemos – SP), conhecido como “Mamãe Falei”, em função da divulgação revelação de áudios sexistas e misóginas em que o parlamentar diz que as mulheres ucranianas são “fáceis de pegar por serem pobres”.

“Político brasileiro arbitrariamente deixou seu país sob o falso pretexto de ajudar na luta contra a Rússia. Fez coquetéis molotov para matar pessoas queimando-as vivas e mandou um áudio, que foi vazado, dizendo que as ‘mulheres ucranianas são mais fáceis de pegar’ ‘porque elas são pobres'”, diz uma das postagens, segundo a coluna da jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo.

Ainda de acordo com a reportagem, após os vazamentos dos áudios na semana passada, um grupo de ultranacionalistas russos do Telegram começou a aceitar membros brasileiros. “Envie para o seu grupo!!! Mate ele”, diz outra mensagem no Telegram, compartilhada junto ao perfil mantido pelo parlamentar no Instagram. ​

Correio de Corumbá