Dr. Daniel fiscaliza situação ambiental da represa do Salto Grande

O vereador Dr. Daniel (PDT) realizou no domingo (6) uma visita à represa do Salto Grande com o objetivo de vistoriar a situação do reservatório diante do despejo ilegal de esgoto e proliferação de aguapés.

Na visita embarcada, o parlamentar vistoriou diversos pontos da represa, iniciando pelas proximidades das comportas da usina hidroelétrica de Salto Grande até a subida do Rio Atibaia. “Inicialmente, observei um acúmulo absurdo de aguapés próximo às comportas, oferecendo risco de se alastrar para outros rios e represas caso ultrapassem aquela barreira”, destacou.

“Essas macrófitas, presentes em toda a represa, são um problema ambiental grave, pois além de atrapalhar a navegação possuem considerável potencial de proliferação, impedindo a penetração de luz para que outras plantas e espécies marinha sobrevivam, servindo de berçário de mosquitos e ainda causando mau cheiro insuportável quando apodrecem, ao completar seu ciclo de vida de 45 dias”, acrescentou o parlamentar.

Durante a navegação, Dr. Daniel verificou vários pontos com acúmulo de esgoto e sujeira, além de locais que despejam resíduos sanitários na represa. “Em vários locais vimos acúmulo de esgoto, restos de plantas, lixo e outras sujeiras, material que exala odor muito forte, causando incômodo às pessoas que residem às margens da represa e às que visitam o espaço”, relatou.

“É triste ver como continua sendo degradada a represa. Nossas próprias estações elevatórias de esgoto despejando resíduos na represa devido ao mau funcionamento e a quantidade de esgoto e outros resíduos que chegam das dezoito cidades localizadas à montante do Rio Atibaia. Inaceitável”, frisou Dr. Daniel.

Ao final da visita, o parlamentar fez um balanço da situação da represa. “Podemos concluir que falta fiscalização por parte das agências reguladoras e das autoridades competentes. Temos que acabar com esses despejos ilegais de esgoto. Não podemos admitir que várias cidades, inclusive Americana, joguem seu esgoto aqui, sabendo que, logo abaixo, captamos essa água poluída para tratar e abastecer as residências para o consumo por crianças, gestantes, idosos, toda uma população. E, em relação aos aguapés, deve-se reforçar as ações de retirada dessa planta do leito da represa”, avaliou.

“Adotaremos uma rotina de fiscalização para a situação da represa, exigindo mais fiscalização dos órgãos competentes, denunciando as irregularidades e cobrando intensificação do trabalho de remoção das macrófitas. Vamos recuperar esse inestimável patrimônio natural de Americana”, concluiu o vereador.