Renault suspende operações na Rússia e vive momento delicado no país

Grupo francês emprega 45 mil pessoas no país e deverá rever participação na marca Lada

Após notícias sinalizarem que a empresa teria retomado sua atividades no país, a alta cúpula do Grupo Renault reuniu-se na última quarta-feira e estabeleceu a suspensão de suas atividades em Moscou a partir desta quinta-feira (24) por tempo indeterminado.

De acordo com o conglomerado francês, a decisão deve impactar as perspectivas financeiras da companhia para este ano, sendo que a margem operacional do Grupo para este ano já foi reduzida de 4% para 3%.

“Uma despesa de ajuste não monetária será registrada por ocasião da divulgação dos resultados do primeiro semestre de 2022, correspondente ao valor consolidado das imobilizações intangíveis, tangíveis e patrimônio da marca (goodwill) do Grupo na Rússia. Em 31 de dezembro de 2021, este item equivalia a um montante de 2.195 milhões de euros”, detalha a empresa em comunicado.

O Grupo Renault figura como uma das grandes fabricantes globais que possui um dos maiores vínculos com a Rússia.

Atualmente, segundo dados da companhia, o Grupo Renault emprega mais de 45 mil funcionários no país comandado por Vladimir Putin.

Por conta disso, a montadora declarou que está “agindo de forma responsável“, pensando também no futuro de seus colaboradores.

A empresa, entretanto, salienta que “já está implementando as medidas necessárias para respeitar as sanções internacionais” impostas por alguns países contra a Rússia.

Outro ponto relevante é que o Grupo Renault está avaliando “possíveis opções em relação à sua participação na empresa Avtovaz”, que produz os modelos da Lada, marca atualmente administrada pelos franceses.

Há alguns anos a Renault tem o controle acionário da empresa, mas a situação pode ser revista por conta do cenário político atual.

Por fim, a empresa finaliza seu comunicado dizendo que segue focada em seu plano estratégico “Renaulution”, que visa lançar diversos modelos eletrificados, além de uma renovação global do portfólio da marca, com uma “política comercial com foco no valor, fortalecendo sua competitividade e acelerando seu programa de redução de custos”. 

Lada 4x4 2020
Marca Lada atualmente é controlada pelos franceses
Autoo