Neonazista que planejava atacar escolas é preso no DF

A segunda fase da Operação Shield, para reprimir atos violentos, incluindo atentados a escolas, foi deflagrada ontem (29) pela Polícia Civil do Distrito Federal.

Um homem de 20 anos foi preso, acusado de planejar ataques a escolas da capital federal. Ele confessou fazer parte de grupos nazifascistas e antidemocráticos.

No celular desse homem também foram encontrados conteúdos com pornografia infantil. A informação é de Ana Graziela Aguiar da TV Brasil.