Botion anuncia a Conselho Municipal de Saúde construção de mais duas UPAs

O prefeito Mario Botion anunciou na noite de terça-feira (29) para conselheiros municipais de saúde que seu governo irá construir uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no Jardim Aeroporto. Será a segunda da cidade. A outra, já em funcionamento, está localizada no Parque Abílio Pedro, foi concluída e toda estruturada na primeira gestão de Botion.

Botion optou por fazer o anúncio oficial ao Conselho Municipal de Saúde, que se reúne sempre na última terça-feira do mês, para dar mais transparência as ações de sua administração. “Agradeço e elogio o prefeito por essa conduta”, afirmou Alexandre Ferrari, que, além de diretor de Vigilância Sanitária na Secretaria de Saúde, preside o conselho – que tem função consultiva e deliberativa.

Segundo Botion, a UPA do Aeroporto será construída em um imóvel que fica próximo à Unidade Básica de Saúde (UBS) e o PA do Jardim Aeroporto. Ferrari explica que a UBS será mantida após a entrega da UPA. “O serviço continuará voltado para a atenção básica, com médicos clínicos, pediatras e ginecologistas”.

Já a UPA funcionará como urgência e emergência durante 24 horas, como é sua característica. Ainda não existe previsão para o início das obras. “Vamos entregar esta UPA e uma terceira, que ainda estamos definindo o local, mas provavelmente será no Parque Hipólito”, declarou. “Faremos essas duas obras de grande relevância no nosso governo”, afiançou. Botion lembra que a construção dessas duas novas UPAs fazem parte do seu plano de governo, documento protocolado na Justiça Eleitoral.

Durante a reunião, o prefeito mencionou a entrega da UBS da Vista Alegre, no último sábado (26), Nesse caso, o prédio anterior foi derrubado e, após uma permuta, o município pôde utilizar o mesmo espaço para erguer uma estrutura mais ampla e moderna.

OUTRAS DELIBERAÇÕES

Ferrari comunicou aos conselheiros que a Vigilância Epidemiológica, que hoje funciona em prédio do chamado “Postão”, será transferida para um imóvel novo ao lado da UBS Nossa Senhora das Dores I. As obras já estão em andamento para que a mudança se concretize. O espaço hoje utilizado pela Vigilância Epidemiológica será ocupado por uma extensão do Ambulatório de Saúde Mental, que hoje funciona em prédio ao lado, na Avenida Ana Carolina Levy.

O presidente do conselho também informou sobre a descentralização do atendimento odontológico na rede municipal. O serviço, que hoje funciona em prédio situado na Vila Cláudia, será levado para o Adom, atendimento especializado, na rua Senador Vergueiro, região central da cidade. Com isso, muitos cirurgiões-dentistas serão deslocados para atendimentos nas UBSs. “Isso será benéfico para pacientes, que estarão mais próximos de locais de atendimento odontológico”, assinalou Ferrari.

O Conselho ainda foi informado sobre o novo mutirão de cirurgias de cataratas, iniciado nesta quarta-feira (30) e também da renovação de convênio para atendimento do Hospital Santa Casa na rede SUS.

Participaram da reunião, os diretores da Secretaria de Saúde, Maria Fernanda (Urgência e Emergência) Hugo Luz (Diretor Administrativo), Andresa Barros (Atenção Secundária), Rafael Botteon (Fundo Municipal de Saúde) e Faedra Rosada (Atenção Primária).