Avião militar brasileiro sobrevoando o Paraguai deixa moradores assustados

Se um certo avião da Força Aérea Brasileira (FAB) costuma deixar pessoas do próprio Brasil sem entender o que está acontecendo quando ele voa, o que se poderia esperar se ele voasse em um país vizinho?

Na verdade, tal situação aconteceu, e foi há poucos dias.

Frequentemente, leitores enviam mensagem ao AEROIN perguntando o que está acontecendo quando notam um avião, identificado como IU-50 nas plataformas de rastreamento online, fazendo repetitivas voltas nos arredores de algum aeroporto.

Embora o primeiro pensamento seja de que se trata de uma aeronave com problema, a informação de que tal avião pertence ao Grupo Especial de Inspeção em Voo (GEIV) elucida o questionamento. É um jato Embraer Legacy 500 especialmente adaptado, por isso denominado IU-50, para fazer inspeções e auxiliar nas calibrações dos equipamentos que auxiliam nos voos e aproximações por instrumentos.

Portanto, todas aquelas voltas, aproximações e arremetidas registradas nas plataformas são sucessivos testes sendo feitos pela equipe do GEIV para avaliar o correto funcionamento dos equipamentos em solo.

Imagem: DECEA

Imagem: Força Aérea Brasileira, via YouTube

Imagem: DECEA

Mas nos últimos dias, o GEIV esteve no Paraguai efetuando o mesmo trabalho por lá. E, é claro, o resultado foi um grande número de pessoas preocupadas ou assustadas com o que poderia estar acontecendo.

Conforme relata o portal paraguaio ABC, o avião brasileiro sobrevoou as cidades de Luque, Asunción, Mariano Roque Alonso e Limpio, e a atividade gerou preocupação à população de Luque.

Diante da situação, a Dirección Nacional de Aeronáutica Civil (DNAC) comunicou que se tratava de um voo de calibração dos equipamentos de pouso de precisão, a partir de um convênio firmado com o Brasil.

Aeroin