Homem é suspeito de ter tomado 87 doses de vacinas contra Covid-19

Recentemente passou a ser aplicada a quarta dose da vacina contra a Covid-19 para alguns grupos específicos em algumas partes do mundo, incluindo alguns estados do Brasil, mas um homem na Alemanha parece não ter seguido a recomendação das autoridades para a imunização e está sendo investigado por suspeita de ter tomado pelo menos 87 doses de vacinas contra a doença.

No entanto, ao contrário do que possa parecer, o homem não é alguém preocupado em não pegar a doença e sim parte de um esquema de falsificação de certificados de imunização contra a Covid-19. Basicamente, o suspeito de 61 anos é acusado de integrar uma quadrilha que vende passaportes falsos para pessoas que não querem tomar o imunizante contra a Covid-19.

Homem tomou 87 doses da vacina

De acordo com a Deutsche Welle, o idoso passou a ser investigado após ter ido diversas vezes para um mesmo centro de vacinação e os funcionários do local desconfiaram da presença dele por lá. As autoridades foram chamadas e prenderam o suspeito.

No decorrer das investigações foi revelado que ele tomou pelo menos 87 doses. No entanto, o esquema que ele fez para conseguir se imaginar tantas vezes não foi revelado. A suspeita é de que os passaportes eram vendidos para pessoas antivax, que não querem tomar o imunizante, mas precisam do passaporte para acessar determinados locais.

O caso aconteceu no estado da Saxônia, região que atualmente conta com apenas 64% de vacinados contra a Covid-19 com as duas doses. Porcentagem bem menor que a média nacional da Alemanha, de cerca de 75%.