Polícia Civil deflagra operação para coibir vendas ilegais de peças de motos na região central de São Paulo

A Polícia Civil deflagrou uma operação para coibir a venda ilegal de peças de motocicletas na região central de São Paulo. Durante a ação, seis pessoas foram presas.

Os trabalhos policiais foram realizados por integrantes do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), por meio da Divisão de Investigações sobre Furtos, Roubos e Receptações de Veículos e Cargas (Divecar).  As investigações levaram os agentes à quadrilha que fazia parte de um esquema de venda de peças de motocicletas sem procedência e fraudavam os selos de rastreabilidade emitidos pelo Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran).

Durante a diligência, os policiais identificaram uma loja, na região da Santa Ifigênia, que vendia as peças irregularmente e a mercadoria não possuía nota fiscal e nenhum documento que comprovasse a origem. Seis pessoas foram presas em flagrante, sendo uma delas o proprietário da loja.

No local, foram apreendidas diversas peças, como rodas, motores, tanques de combustível, freios, bancos, lanternas, guidões, carenagens, entre outras.

Os seis acusados foram levados à 1ª Delegacia de Investigações sobre Furtos e Roubos de Veículos, onde passaram pelos trâmites de polícia judiciária e indiciados por crime contra as relações de consumo e associação criminosa. Após, encaminhados ao cárcere para permanecer à disposição da justiça.