Prefeitura do Rio deve decretar fim do passaporte da vacina após Carnaval

Comitê Científico e Secretaria de Saúde discutirão o assunto na semana que vem

No entanto, a medida pode estar com os dias contados, conforme informações dos integrantes do Comitê Científico da cidade.

O fim da exigência de apresentação do documento deve acontecer logo após o término dos desfiles. O prefeito Eduardo Paes (PSD) e os especialistas sanitários vão se reunir, na próxima segunda (25), para discutir novas flexibilizações.

Conforme apurado pelo Conexão Política, a expectativa é que o passaporte da vacina não seja mais exigido na capital fluminense já a partir da próxima semana.

O ex-ministro da Saúde e médico sanitarista José Temporão, que faz parte do Comitê Científico, afirmou à CNN Brasil que a manutenção ou revogação do comprovante vacinal será o tema principal da reunião.

O infectologista Alberto Chebabo, que também integra o grupo, admitiu que “pode acontecer” de a exigência ser dispensada já nos próximos dias. Segundo ele, a restrição “perdeu a razão” após o Ministério da Saúde anunciar o fim do estado de emergência no país.

“O assunto vai ser discutido, mas acho que pode acontecer [na próxima segunda]. Até porque com o fim do decreto emergencial [anunciado pelo governo federal], caem essas medidas restritivas”, afirmou.

Conexão Política