Homem que sofreu queimaduras durante troca de botijão morre em Campinas

O funcionário de uma empresa de botijão de gás que, na última sexta-feira (22), sofreu queimaduras em uma fábrica de salgados em Hortolândia morreu nesta segunda-feira (25).

O homem, de 60 anos, estava internado no Hospital das Clínicas da Unicamp, em Campinas. A informação da morte foi divulgada pelo hospital.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, no momento em que o homem efetuava a troca do registro teve início um vazamento de gás. Próximo ao local havia panelas em outro fogão, o que causou o incêndio.

O funcionário teve 80% do corpo queimado. Outras seis pessoas que estavam na fábrica no momento do ocorrido não sofreram ferimentos.

A vítima foi resgatada pelo helicóptero Águia e levada para Campinas.