Patron, o guerreiro de quatro patas do exército ucraniano que já detectou mais de 150 minas russas

O Jack Russell de dois anos pertence aos serviços de emergência de Chernihiv e, até hoje, detetou mais de 150 bombas russas. É um ícone para quem o acompanha e uma mulher tatuou o seu rosto no braço.

 

É um farejador de escombros e veste-se a rigor com um colete de proteção militarPatron, um Jack Russell de dois anos, é um forte aliado do exército ucraniano na tarefa de desminagem.


Se antes Patron era conhecido pela descoberta de mais de 90 minas russas, este domingo o Ministério dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia atualizou os dados  numa publicação no Twitter. Desde o início da invasão das tropas russas, este herói já detetou mais de 150 dispositivos explosivos.

Patron trabalha de perto com os técnicos de remoção de minas para tornar as cidades da Ucrânia seguras novamente”, lê-se no tweet que, no momento de publicação deste artigo, contava com quase 10 mil gostos.

 

O sucesso das operações do cão, cujo nome em ucraniano significa “munição”, já levava, a 19 de março, o Centro para as Comunicações Estratégicas e Informação de Segurança do país a falar num possível filme aquando do fim da guerra. “Um dia, a história do Patron vai ser transformada num filme, mas, por agora, está lealmente a cumprir os seus deveres profissionais”, escrevia na altura.

 

O membro de envergadura pequena dos serviços de emergência da cidade de Chernihiv (norte do país) tem fãs, desde os cerca de 116 mil seguidores no Instagram, rede social onde recebe comentários de apoio, até uma homenagem insólita: uma mulher chamada Evelina Buyankova tatuou a imagem do guerreiro de quatro patas no seu braço.


Patron não é caso único. Do lado da resistência ucraniana, há outros animais que participam no esforço da guerra.

Os guerreiros de quatro patas do exército ucraniano