Segurança: Prefeitura investe R$ 2,7 milhões em viaturas, armas, equipamentos e convocação de guardas

A Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste investiu mais de R$ 2,7 milhões na aquisição de novas viaturas, armamentos e equipamentos para a Guarda Civil Municipal na Administração Municipal do prefeito Rafael Piovezan. Além da ampliação do aparelhamento da corporação, a Administração Municipal convocou 20 guardas municipais aprovados no Concurso Público 3 de 2019.

Entre as aquisições recentes e que estão com processo em andamento estão 8 novas viaturas Zero KM, 3 novas motocicletas Zero Km, 360 uniformes completos (calças, camisas, camisetas, bonés, jaquetas e tarjetas de identificação), 60 granadas, 23 pistolas (.40), 3 fuzis (556), 6 carabinas (CTT 4.0), munições de vários calibres, kit traje antitumulto e escudo, além da ampliação do sistema de videomonitoramento, com 226 câmeras instaladas pelo Município.

“A nossa cidade é a mais segura do Estado de São Paulo, de acordo com o conceituado Instituto Sou da Paz, e apresentou, em 2021, o menor número de roubos nos últimos 20 anos. Tudo isso ocorre em virtude dos constantes investimentos e aperfeiçoamentos que realizamos na Guarda Municipal, corporação fundamental no combate à criminalidade. Já convocamos 20 guardas aprovados em concurso público, que estão em capacitação e se formam neste mês de maio, iniciando suas atividades nas ruas da nossa cidade”, destacou o prefeito Rafael Piovezan. “É por meio de ações integradas com as demais forças da segurança (polícias Militar e Civil) que temos alcançado êxito nas políticas públicas de Segurança Pública em Santa Bárbara d’Oeste. Alcançamos um patamar que exige de nós ainda mais. E assim faremos!”, completou.

A Guarda Civil Municipal atua de forma integrada às demais forças de segurança da cidade, o que tem contribuído para os bons resultados. Santa Bárbara d’Oeste é a cidade mais segura do Estado de São Paulo, conforme o Instituto Sou da Paz. No ranking que avalia 141 cidades com mais de 50 mil habitantes, Santa Bárbara d’Oeste aparece na 1ª posição. O ranking é produzido a partir de dados públicos oficiais de Segurança Pública (SSP) no Estado de São Paulo, com o IECV (Índice de Exposição aos Crimes Violentos 2020), calculado a partir da média ponderada de três subíndices: crimes letais (homicídio e latrocínio), crimes contra a dignidade sexual (estupro) e crimes contra o patrimônio (roubo/outros, roubo de veículo e roubo de carga).

O Município de Santa Bárbara d’Oeste apresentou em 2021 o menor número de roubos nos últimos 20 anos. Os dados são oficiais e constam nas estatísticas da Secretaria de Segurança Pública. No ano passado foram registradas 239 ocorrências do tipo, menor número desde o ano de 2001, quando foram registradas 731 ocorrências. A análise dos dados da SSP aponta ainda quedas de 11% no número de roubos e de 17% no número de furtos e roubos de veículos no ano de 2021 – em comparação a 2020.