PoderData: Lula e Bolsonaro mantêm distância em 2º turno

Petista tem 50%, contra 39% do atual presidente; cenário é de estabilidade em relação ao levantamento de 15 dias antes

A diferença entre Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (PL) em um eventual 2º turno das eleições presidenciais entre os 2 permanece estável em 11 pontos percentuais, mostra pesquisa PoderData realizada de 22 a 24 de maio. Em uma disputa direta, o ex-presidente tem 50% das intenções de voto, contra 39% do atual chefe do Executivo.

A distância percentual é a mesma registrada na rodada de 10 a 12 de maio, quando Lula tinha 49% das intenções, e Bolsonaro, 38%. Ambos oscilaram 1 ponto percentual para cima. A variação foi dentro da margem de erro da pesquisa, de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Lula já esteve 25 pontos à frente de Bolsonaro. O valor foi registrado pelo PoderData no final de agosto e início de setembro de 2021. A menor diferença entre os 2 foi durante o último mês, quando ficou em 9 p.p. em 10 a 12 de abril e em 24 a 26 de abril.

A pesquisa foi realizada pelo PoderData, empresa do grupo Poder360 Jornalismo, com recursos próprios. Os dados foram coletados de 22 a 24 de maio de 2022, por meio de ligações para celulares e telefones fixos. Foram 3.000 entrevistas em 301 municípios nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais. O intervalo de confiança é de 95%. O registro no TSE é BR-05638/2022.

Para chegar a 3.000 entrevistas que preencham proporcionalmente (conforme aparecem na sociedade) os grupos por sexo, idade, renda, escolaridade e localização geográfica, o PoderData faz dezenas de milhares de telefonemas. Muitas vezes, são mais de 100 mil ligações até que sejam encontrados os entrevistados que representem de forma fiel o conjunto da população.

CENÁRIO NO 1º TURNO 

Lula (PT) tem 43% das intenções de voto no 1º turno, enquanto Bolsonaro pontua 35%. Os 2 nomes concentram 78% das intenções de voto. A distância entre eles é de 8 pontos percentuais. Na rodada de 8 a 10 de maio, a diferença era de 7 p.p.

O ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT) aparece na sequência, com 5% das intenções. Está em empate técnico com André Janones (Avante), com 3%; e Simone Tebet (MDB), 2%. Os números dos pré-candidatos não se modificaram em relação à última rodada. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

A pesquisa considerou o ex-governador de São Paulo João Doria como pré-candidato. Ele anunciou a desistência da corrida ao Planalto em 23 de maio de 2022, durante a realização desta pesquisa –em que registrou 1% das intenções.

Eymael (DC) também tem 1% dos votos. Leonardo Péricles (UP), Luciano Bivar (União Brasil), Luiz Felipe D’Ávila (Novo), Pablo Marçal (Pros), Sofia Manzano (PCB) e Vera Lúcia (PSTU) não tiveram menções suficientes para chegar à pontuação mínima.

METODOLOGIA

A pesquisa PoderData foi realizada de 22 a 24 de maio de 2022. Foram entrevistadas 3.000 pessoas com 16 anos de idade ou mais em 301 municípios nas 27 unidades da Federação. Foi aplicada uma ponderação paramétrica para compensar desproporcionalidades nas variáveis de sexo, idade, grau de instrução, região e renda. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos. As entrevistas foram realizadas por telefone (para linhas fixas e de celulares), por meio do sistema URA (Unidade de Resposta Audível), em que o entrevistado ouve perguntas gravadas e responde por meio do teclado do aparelho. O intervalo de confiança do estudo é de 95%.

Para facilitar a leitura, os resultados da pesquisa foram arredondados. Devido a esse processo é possível que o somatório de algum dos resultados seja diferente de 100. Diferenças entre as frequências totais e os percentuais em tabelas de cruzamento de variáveis podem acontecer devido a ocorrências de não resposta. Este estudo foi realizado com recursos próprios do PoderData, empresa de pesquisas que faz parte do grupo de mídia Poder360 Jornalismo. A pesquisa está registrada no TSE sob o número BR-05638/2022.

PoderData