Câmara debate criação do Programa “i9 Americana” em audiência pública

A Câmara Municipal de Americana realizou na quarta-feira (24) audiência pública para debater o projeto de lei nº 53/2022, de autoria do Poder Executivo, que cria o Programa “i9 Americana” – Programa Municipal de Incentivo à Inovação e Tecnologia. O evento foi realizado em atendimento a requerimento de autoria do vereador Silvio Dourado (PL).

Participaram da audiência, além do autor do requerimento, os vereadores Lucas Leoncine (PSDB) e Professora Juliana (PT); os secretários municipais de Desenvolvimento Econômico, Rafael de Barros; de Negócios Jurídicos, Hugo Stefano Troly; e de Fazenda, Simone Inácio de França Bruno; e o advogado Dr. Carlos Victor Pereira.

O vereador Silvio Dourado destacou a iniciativa do Poder Executivo e frisou que, em meio ao Fórum de Inovação e Tecnologia da Câmara Municipal de Americana, ouviu solicitações para que de alguma forma mais empresários e pessoas interessadas no tema tivessem acesso às informações do Programa “i9 Americana”.

“Achamos importante então solicitar essa audiência pública para que tivéssemos a oportunidade de apresentar novamente esse projeto, inclusive para que se possa formular questionamentos para que aquilo que já é bom se torne ainda melhor”, frisou o vereador. “Costumo dizer que uma boa comunicação é importante. Às vezes é preciso ser repetitivo em alguns pontos para que haja entendimento do que se pode tirar de proveito e como se pode colaborar com esse processo de construção”, completou.

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Rafael de Barros, salientou que o “i9 Americana” é um programa municipal voltado ao incentivo à inovação e tecnologia. “É um tema atual e que precisa ser debatido e foi baseado nisso que nós pensamos em lançar um programa relacionado à inovação e tecnologia. Foi um pedido do nosso prefeito Chico Sardelli para que possamos ajudar as empresas da cidade e atrair novas empresas”, comentou.

O vereador Lucas Leoncine afirmou acreditar que o desenvolvimento econômico é um dos pilares capazes de fazer a diferença para o futuro da cidade. Mencionou a necessidade de repensar a indústria e o comércio, tanto da área central e como dos bairros, e dar uma atenção especial aos prestadores de serviços, em especial da área de tecnologia.

“Americana, com esse olhar especial ao segmento (de tecnologia), sai na frente. Começa a se destacar. E ao contrário dos comentários que ouvi, que vai acabar com os empregos, o futuro das indústrias, em especial da indústria têxtil, está aqui. A gente começa a pensar no futuro através de pesquisa e desenvolvimento, do investimento em tecnologia e de empresas que busquem soluções. E as startups nada mais são que empresas que pensam e se dedicam a buscar soluções”, comentou.

A vereadora Professora Juliana citou três pontos que despertaram dúvidas ou que necessitariam de ajustes. Entre eles, a inclusão do Poder Legislativo entre os órgãos com acesso às informações que envolvem o programa, ainda que estejam sob sigilo solicitado pelas empresas participantes; a possibilidade de atrelar o programa à geração de empregos e o rigor quanto ao cumprimento das regras.

“Eu sempre vejo uma oportunidade de já atrelar esse programa, que vai aliviar o imposto que a empresa vai pagar à cidade, a uma meta de geração de postos de trabalho”, destacou, se referindo aos empregos.  “Esses três pontos, numa leitura de fora e de alguém que não é da área, me parecem bastante permissivos”, comentou.

Sobre o Programa “i9 Americana”

O Programa i9 Americana tem o objetivo de estimular o desenvolvimento de ecossistemas de inovação, atrair empresas do setor de inovação e tecnologia, promover parcerias entre o poder público e o setor privado, posicionar Americana na vanguarda do desenvolvimento de negócios inovadores e tecnológicos e fomentar o desenvolvimento econômico sustentável ao facilitar a instalação de empresas ligadas à área de tecnologia, geralmente não poluentes e contratantes de mão-de-obra qualificada.

No site da Câmara Municipal: https://www.camara- americana.sp.gov.br/FaleConosco/AudienciaPL53 é possível acessar o texto completo do projeto.