Meche pede implantação da “Casa SP Afro Brasil” em Americana e adoção de políticas de combate ao racismo

O vereador Marschelo Meche (PL) protocolou na secretaria da Câmara Municipal de Americana um requerimento em que solicita informações do Poder Executivo sobre a viabilidade da implantação do programa “Casa SP Afro Brasil” no município.

Segundo Meche, a pauta de combate ao racismo precisa estar na agenda da prefeitura. “Situações de racismo são inadmissíveis, ainda mais numa cidade acolhedora como Americana. A prefeitura tem o poder de requisitar recursos e estrutura para termos esse equipamento de cidadania em nossa cidade, a Casa Afro. Com medidas assim, a gente pode construir um futuro mais igualitário e de paz”, afirma o vereador.

No requerimento, o parlamentar questiona se a prefeitura de Americana solicitou uma unidade Casa SP Afro Brasil por meio de ofício; se há previsão ou possibilidade de a prefeitura fazer essa solicitação; quais são as medidas adotadas pela administração – entre janeiro de 2021 e junho de 2022 – em relação às políticas de enfretamento às desigualdades raciais, de combate ao racismo e de promoção da cultura afro-brasileira, e quais medidas ainda estão previstas para serem adotadas.

Ainda no documento, Meche pede estudo para implementação de uma Casa SP Afro Brasil na cidade e o envio de ofício ao governo do estado de São Paulo. Além disso, requer estudo para formulação de diretrizes e metas com estabelecimento de políticas de enfretamento às desigualdades raciais, de combate ao racismo e de promoção da cultura afro-brasileira no município.

O requerimento será discutido e votado pelos vereadores em plenário, na sessão ordinária desta quinta-feira (9).