Banco de Sangue do HM precisa de doadores do tipo O positivo e O negativo

Os estoques de sangue tipos “O positivo” e “O negativo” do Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi (HM) estão em situação crítica. Segundo a coordenação do Banco de Sangue, as doações diminuíram em razão das baixas temperaturas. “É muito comum durante o inverno baixar os estoques, porque muitos doadores interrompem as doações em virtude do frio”, explicou a enfermeira Josniele Cristina Bidoia, responsável pelo setor.

O agendamento para a doação pode ser feito por meio do aplicativo Sangue Amigo, disponível para os sistemas iOS e Android, e também pelos telefones (19) 3468-1739 / (19) 991481067, sendo este último Whatsapp. Os doadores devem comparecer ao local utilizando máscara e sem acompanhantes.

Para fazer a doação é preciso:

  • Não estar em jejum;
  • Estar bem de saúde;
  • Não ingerir bebida alcoólica nas últimas 12 horas que antecedem a doação;
  • Não fumar duas horas antes;
  • Pesar mais de 50 quilos;
  • Ter idade entre 16 e 69 anos (16 e 17 anos devem ser acompanhados do responsável legal);
  • Ter feito repouso mínimo de seis horas na noite anterior à doação;
  • Evitar o consumo de alimentos gordurosos;
  • Apresentar documento com foto.

Caso o doador tenha sido submetido à tatuagem ou aplicação de piercing, deverá aguardar por 12 meses, a contar da data do procedimento, para poder realizar a doação.

Para quem faz uso de algum medicamento, é fundamental ligar antes e informar o setor.

É muito importante que os doadores compareçam no dia e horário agendados, uma vez que não é possível substituí-los por outros. Se não for possível comparecer no horário agendado, o setor pede para que o doador ligue com antecedência e solicite o cancelamento, pois dessa forma será possível oferecer o horário na agenda a outras pessoas.

Doação de sangue e Covid-19

O Ministério da Saúde baixou uma normativa com regras para os doadores que estão com suspeita ou confirmação de Covid-19, ou tiveram contato com alguém infectado ou suspeito.

Pessoas com diagnóstico ou suspeita, e que apresentam doença sintomática, deverão ser consideradas inaptas à doação por um período de dez dias após a completa recuperação;

Indivíduos que apresentam um teste diagnóstico para SARS-CoV-2 positivo, mas permanecem assintomáticos, deverão ser considerados inaptos por um período de dez dias da data da coleta dos exames;

Já os que tiveram contato próximo a um caso confirmado de covid-19 durante o seu período de transmissibilidade nos últimos dez dias, ou com pessoas que apresentaram diagnóstico clínico ou laboratorial, deverão ser considerados inaptos pelo período de sete dias após o último contato com essas pessoas;

Indivíduos que permaneceram em isolamento voluntário ou indicado por equipe médica devido a sintomas de possível infecção pelo SARS-CoV-2, deverão ser considerados inaptos pelo período que durar o isolamento.

O Banco de Sangue está localizado na Avenida da Saúde, nº 415, Jardim Nossa Senhora de Fátima. A entrada é separada do restante do hospital. Portanto, o doador não tem contato com outros pacientes.