Juninho Dias pede mais vagas subsidiadas em lares para idosos

O vereador Juninho Dias (MDB) protocolou na secretaria da Câmara Municipal de Americana uma indicação sugerindo ao Poder Executivo a realização de estudo para parceira do município com instituições de longa permanência para acolhimento de idosos.

No documento, o parlamentar indica que sejam realizados estudos para criação de um programa de credenciamento e parceria com as instituições. Juninho cita como exemplo a cidade de Santa Bárbara d’Oeste, onde foi protocolado pelo Poder Executivo o programa para atender idosos independentes, mesmo que requeiram uso de equipamentos de auto-ajuda; idosos com dependência em até três atividades de autocuidado como alimentação, mobilidade e higiene, sem comprometimento cognitivo ou com alteração cognitiva controlada; e idosos com dependência que requeiram assistência em todas as atividades de autocuidado para a vida diária ou com comprometimento cognitivo.

“Recentemente estiveram presentes na Câmara Municipal representantes do COMID (Conselho Municipal do Idoso) e na tribuna eles apontaram sobre um aumento exponencial do número de lares de idosos privados na cidade, denunciando que apenas 20% deles têm alvará definitivo. Mas o que também me chama a atenção é o fato de que, para ocorrer esse aumento, certamente há uma grande demanda e isso fica evidenciado quando analisado o mapa etário de Americana. São ao menos 32 mil idosos com 60 anos ou mais.”, relata o vereador.

“Atualmente os custos para permanecer nessas instituições são altíssimos e envolvem não só a estadia, mas todos os cuidados de enfermagem, higiene, alimentação, medicação e assistencial, o que inviabiliza a inclusão de idosos de baixa renda que vivem sozinhos ou sem amparo completo às suas necessidades. Torço para que a prefeitura traga em breve boas notícias para essa pauta”, completa Juninho.

A indicação foi relacionada na pauta de sessão ordinária e encaminhada à prefeitura para análise e atendimento.