Vereadores questionam ações para cessar vazamento de esgoto na represa do Salto Grande

Os vereadores Dr. Daniel (PDT), Gualter Amado (Republicanos) e Professora Juliana (PT) protocolaram na secretaria da Câmara Municipal de Americana um requerimento questionando o Poder Executivo sobre o vazamento de esgoto “in natura” na represa do Salto Grande.

No documento os parlamentares mencionam que, em vistoria na estação de tratamento de esgoto (ETE) da Praia Azul no dia 6 de junho, agentes da Cetesb constataram alteração abrupta de vazão e o lançamento de efluentes tratados na represa com a presença de espumas, em desacordo com a legislação vigente.

Em razão da situação, também segundo os vereadores, foi emitido um auto de infração (n.º 34005868) exigindo que o Departamento de Água e Esgoto (DAE) apresente relatório com o cronograma de ações em curto prazo para diagnosticar ocorrências como a de junho, assim como para atingir e estabilizar a eficiência adequada do sistema.

“Nos dias 3 e 6 de julho fizemos diligências até a ETE Praia Azul e constatamos que o despejo de esgoto continua, apesar do auto de infração imposto pela Cetesb. A represa é um dos principais patrimônios ambientais a serem preservados em nosso município e já sofre demasiadamente com o despejo irregular de esgoto feito por outras cidades. Os moradores temem que eventuais irregularidades venham a prejudicar ainda mais a água da represa e o ambiente que a cerca”, afirmam no documento.

No requerimento, os parlamentares questionam quais providências têm sido adotadas para sanar as irregularidades com urgência; por qual motivo o despejo de esgoto continua no ocorrendo local; qual o engenheiro responsável pelo atual sistema de tratamento biológico utilizado na ETE e quais os insumos utilizados no sistema de tratamento.

Perguntam também qual a destinação final dos resíduos do tratamento preliminar (gradeamento); a quantidade mensal descartada e qual a eficiência do tratamento da estação. O requerimento será discutido e votado pelos vereadores em plenário, na sessão ordinária desta quinta-feira (14).